Senhores Passageiros

sobre aeroportos, aviões e afins

 -

Ricardo Gallo é repórter da Folha

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

TAM também reduz preço de passagens para Copa

Por Ricardo Gallo

Depois da Avianca, a TAM também recuou e baixou (um pouco) os preços de passagens aéreas para quem viajar na Copa.

O valor se refere às passagens para a abertura (12 de junho, em São Paulo) e final da Copa (13 de julho, no Rio).

Às 11h de hoje, o preço de ida e volta entre os aeroportos de Santos Dumont (Rio) e Congonhas (São Paulo) para abertura da Copa saía a R$ 1.733,14. A pesquisa é para ida em 11 de junho e volta em 13 de junho.

A tarifa ainda é alta, mas está 28% menor do que os R$ 2.393 de sexta-feira, quando fiz a pesquisa que subsidiou a reportagem da Folha que mostrava o aumento que as empresas aéreas promoveram nos preços de passagens para a Copa.

Para assistir à final da Copa, a viagem entre Congonhas e Santos Dumont (saída dia 11 de julho e retorno dia 14) também caiu os mesmos 28%, para R$ 1.733,14.

Foi a segunda vez que a TAM reduziu os preços. De quinta para sexta da semana passada, o valor havia caído de R$ 2.743 para R$ 2.393.

A compra de uma passagem nos mesmos trechos, em março –fora da temporada, portanto– sai por R$ 227 ida a volta.

REDUÇÃO

O corte nas tarifas para a Copa se dá depois de haver insatisfação de passageiros nas redes sociais e após o governo federal questionar publicamente as empresas aéreas.

A Embratur, ligada ao Ministério do Turismo, apresentou denúncia ao Cade, órgão de defesa da concorrência, na qual classifica de abusivos os valores das tarifas para o torneio.

O presidente do órgão, Flávio Dino, propôs estabelecer um teto de preço para as passagens durante a Copa.

Blogs da Folha