Senhores Passageiros

sobre aeroportos, aviões e afins

 -

Ricardo Gallo é repórter da Folha

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

TAM passa a permitir check-in com um ano de antecedência

Por Ricardo Gallo

A TAM lançou uma nova ferramenta: agora os passageiros da empresa podem fazer o check-in com um ano de antecedência.

Antes, o check-in era feito com até 72 horas de antecedência. Agora, passa a valer a partir do momento da compra –a TAM permite que o passageiro compre passagens para daqui a até um ano.

É o que a TAM chama de “check-in automático”; basta comprar a passagem e emitir a passagem –a etapa do check-in deixa de existir.

Segundo a empresa, trata-se da primeira companhia na América do Sul a ter a iniciativa.

Na verdade, a extinta Webjet, incorporada pela Gol, também chegou a adotar essa tecnologia. A Gol, em recente apresentação a jornalistas, sinalizou que tem o projeto nos seus planos.

O check-in automático é mais uma tentativa de evitar filas nos aeroportos. Ele beneficia sobretudo quem não precisa despachar bagagem, a exemplo dos totens de autoatendimento e do cartão de embarque por celular, outras funcionalidades que a empresa já oferece.

Os passageiros que precisam despachar bagagem continuam obrigados a ir até um balcão, mesmo que um balcão exclusivo, para entregar a mala.

O check-in automático vale para voos domésticos.

Recado aos leitores: a partir de hoje, o blog retoma a regularidade de postagens.

 

Blogs da Folha