Senhores Passageiros

sobre aeroportos, aviões e afins

 -

Ricardo Gallo é repórter da Folha

Perfil completo

Publicidade

Integração de tripulantes da Azul e da Trip é aprovada

Por mariana barbosa

Tripulantes da Azul e da Trip aprovaram há pouco uma nova proposta de integração de carreiras elaborada por um comitê formado Sindicato Nacional dos Aeronautas com o Ministério do Trabalho. A proposta foi formulada após um impasse nas negociações entre a empresa e os tripulantes das duas companhias e que se estendeu ao longo do ano passado.

A integração dos 3,5 mil tripulantes das duas empresas era o último passo que faltava para a conclusão da fusão, que levará ao fim da marca Trip.

A proposta aprovada garante, entre outras medidas, a estabilidade do quadro de tripulantes (pilotos e comissários) pelos próximos 18 meses.  Também garante comida quente a bordo para a tripulação.

As empresas anunciaram a fusão societária em maio de 2012 e ao final do ano passado já tinham conseguido todas as aprovações de órgãos reguladores e de defesa da concorrência. Com a conclusão da integração, as empresas passarão a operar apenas sob a marca Azul. A marca Trip vai desaparecer.

Veja os principais benefícios da proposta de remuneração, benefícios e plano de carreira, que contou com apoio de 96% dos votantes:

Manutenção de remuneração mínima garantida por 12 meses

Manutenção do quadro atual de aeronautas por mais 18 meses

Acréscimo no valor da hora de voo

Comida quente a bordo

Eliminação do adicional de etapa garantia

 

Blogs da Folha