Avianca Brasil vai integrar a rede Star Alliance em 2014

A Avianca Brasil vai integrar a Star Alliance este ano. A data não está definida, mas deve ocorrer entre outubro e dezembro.

A companhia vai substituir a TAM, que a partir de 31 de março deixará a Star Alliance e passará a fazer parte da oneworld, rede da qual faz parte a LAN.

A Avianca colombiana faz parte da Star Alliance desde 2012 e a integração da Avianca Brasil era uma questão de tempo.

Como parte do processo de integração, a Avianca deverá incrementar a sua malha doméstica e integrá-la à das companhias parceiras da StarAlliance de modo a facilitar voos de conexão em Guarulhos e no Galeão.

Fazem parte da StarAlliance as companhias Adria Airways, Aegean Airlines, Air Canada, Air China, Air New Zealand, ANA, Asiana Airlines, Austrian, Avianca, Brussels Airlines, Copa Airlines, Croatia Airlines, EGYPTAIR, Ethiopian Airlines, EVA Air, LOT Polish Airlines, Lufthansa, Scandinavian Airlines, Shenzhen Airlines, Singapore Airlines, South African Airways, SWISS, TAP Portugal, Turkish Airlines, THAI e United.

 Post atualizado às 15:20, com informação da companhia de que a integração à Star Alliance se dará no quarto trimestre.

Comentários

    1. Micky isso é so uma questao de “status” pq na pratica não muda muita coisa. Lembrando que a Varig era membro. A avianca terá de aumentar suas rotas para dar espaço para a Star Alliance no Brasil. Enquanto isso não ocorre, algumas empresas membros dessa aliança cogitam acordos de code share com a Azul, tendo em vista que a Gol (hoje vinculada pacialmente a Delta) mesmo não fazendo parte de nenhuma aliança, tem um pé na Skyteam 🙂

    2. Depende das suas preferências, Micky.

      Se você prefere voar com as Cias. Aéreas citadas acima, é bom…por questões de pontuação e vôos “code share”!

  1. Para que a Avianca seja aceita na Star Alliance, antes de tudo necessita de uma matéria prima mais abrangente. Matéria prima na aviação chama-se malha, rede de linhas com os seus respectivos slots aprovados pela agencia reguladora (Anac). Com a malha atual não será aprovada pelo comitê de gestão da Star, pois não agregará nada de substancial nas ligações voos provenientes do exterior versus rede doméstica. Há itens que são “no go” no caderno de exigências da Alliance, esse é um deles. Terá que se adequar e isso depende totalmente de slots, que por sua vez depende de infraestrutura aeroportuária.

    1. Mas a Star Alliance já aceitou a Avianca Brasil (ONE), ampliando o “status” de membro da Avianca Internacional (AVA) para englobar a operação brasileira. E isso se deu em dezembro de 2013.

  2. Eu nåo vejo a hora da Avianca Brasil entrar na Star Alliance. Eu numca voei com a Avianca + pelo que já vi falar e bem melhor que a TAM & TAP. Epero tb que a Avianca Compre a TAP, e faca uma boa reforma na sua Tripulacåø e aeronaves. O A330 CS-TOG antigo Blue Wings D-ARNO. A TAP sempre usa O CS-TOG e CS-TOF na Rota LIS-NAT 2 lixos voadores.

Comments are closed.