Senhores Passageiros

sobre aeroportos, aviões e afins

 -

Ricardo Gallo é repórter da Folha

Perfil completo

Publicidade

Avião da Azul não correu risco de colisão, diz FAB

Por Ricardo Gallo

O avião da Azul envolvido em um incidente em Aracaju não correu risco de colisão, disse nesta quinta-feira (15/5) a Aeronáutica.

Em nota, o órgão disse que havia um helicóptero que se aproximava do aeroporto de Aracaju.

A aeronave vinha pela direita e o avião da Azul, ao decolar, viraria à esquerda.

“O trajeto previsto e efetuado pelo helicóptero em aproximação, que operava em condições visuais, é um procedimento normal e não cruzaria a rota de decolagem que seria utilizada pela aeronave da Azul”, diz o texto, que conclui: “Portanto, em função de trajetos totalmente distintos, não havia risco de colisão entre as duas aeronaves”.

Aos passageiros, o comandante do voo da Azul disse que o sistema anticolisão do Embraer 195 detectou outra aeronave à frente e que, não fosse a decolagem ser interrompida, ele acertaria o helicóptero em 20 segundos.

A decisão de abortar uma decolagem é do comandante do avião, quando ele nota uma situação que possa por em risco o voo.

Mais cedo, a Azul havia dito se tratar de uma manobra de caráter preventivo diante do potencial risco em razão de haver outra aeronave à frente. A empresa aérea não comentou a nota da Aeronáutica.

Blogs da Folha