Senhores Passageiros

sobre aeroportos, aviões e afins

 -

Ricardo Gallo é repórter da Folha

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

American Airlines é um competidor implacável, diz Azul

Por mariana barbosa

O diretor de marketing da Azul, Gianfranco Beting, afirmou que a concorrência com a American Airlines, que recentemente anunciou voos de Miami e Nova York para Campinas, vai ser dura, mas positiva para o mercado.

“A American é uma competidora implacável. Eles não entram em nenhuma partida para perder. Isso é bom e deixa a gente mais forte para competir”, disse Beting.

Para o executivo, as duas empresas têm diferenciais competitivos. “A American tem as conexões com voos dentro dos Estados Unidos e a Azul oferece essa mesma capilaridade dentro do Brasil.”

Questionado sobre as negociações de um acordo de compartilhamento com a Jetblue, empresa “meio-irmã” da Azul —as duas têm como fundador o empresário David Neeleman— ele não quis comentar:

“Nada a comentar. Estamos estudando opções. Faz parte do jogo ter um parceiro, mas só vamos anunciar isso na hora certa.”

A American vai começar a voar diariamente de Miami para Campinas em 2 de dezembro. E também terá um voo de Nova York para Campinas, com três frequências semanais, começando em 1º de dezembro. Os voos serão feitos com o Boeing 767-300.

A Azul também deve iniciar operações para os EUA em dezembro e vai voar com o jato Airbus 330-200. A empresa deve começar com voos diários para Miami (Fort Lauderdale) e Orlando. Pouco depois, a empresa deve iniciar voos para Nova York. A partir de 2017, a operação internacional será reforçada com cinco A-350, mais novo avião da Airbus que entra em operação comercial no final deste ano.

 

 

Blogs da Folha