Piloto e copiloto discutem e abandonam cockpit em voo de companhia indiana

Por Guilherme Magalhães

Um voo da companhia indiana Jet Airways entre Londres-Heathrow e Mumbai no último dia 1º foi palco de uma briga entre a piloto e o copiloto. Por alguns minutos, a aeronave ficou com o cockpit abandonado.

Segundo testemunhas relataram ao jornal “Times of India”, a discussão começou logo após a decolagem do Boeing 777 de Londres, na manhã do dia 1º, para o voo 9W119 de nove horas com destino à Índia.

O copiloto teria estapeado a comandante e ela, nervosa, saiu chorando do cockpit. Ela ficou na cozinha do avião, sendo consolada por outros membros da tripulação, que pediam para ela retornar à cabine de comando. O copiloto, pelo interfone, também requisitava o retorno da colega.

A tripulação, porém, não conseguiu convencer a comandante a retornar. O copiloto então deixou o cockpit e foi até a cozinha para trazer a piloto de volta. Nesse intervalo de alguns minutos, nenhum oficial estava no cockpit, uma grave violação das normas de segurança internacionais.

A comandante e o copiloto voltaram ao cockpit, mas uma nova discussão teve início e ela se retirou novamente. Desta vez, no entanto, a tripulação conseguiu persuadir a comandante a voltar ao cockpit em nome da segurança do voo.

O avião, com 324 passageiros e 14 tripulantes a bordo, pousou em Mumbai pouco antes da meia-noite do dia 1º para o dia 2, sem maiores incidentes.

O Diretório Geral de Aviação Civil da Índia suspendeu a licença do copiloto e iniciou uma investigação do episódio.

Um porta-voz da Jet Airways, a segunda maior companhia aérea indiana, afirmou que “um desentendimento ocorreu entre a tripulação do cockpit do voo 9W119 Londres-Mumbai de 1º de janeiro. Mas o mesmo foi resolvido amigavelmente e o avião continuou o voo, pousando em segurança”.

“Na Jet Airways, a segurança dos passageiros, tripulantes e ativos é de importância fundamental e a companhia tem tolerância zero com qualquer ação de seus empregados que comprometa a segurança”, disse o porta-voz.