Azul é a única aérea brasileira entre as 20 companhias mais pontuais do mundo; veja ranking

Por Guilherme Magalhães

A Azul ficou entre as 20 companhias aéreas mais pontuais do mundo em 2017 e foi a brasileira mais bem posicionada no ranking anual de pontualidade divulgado nesta quarta-feira (10) pela OAG, consultoria britânica especializada em inteligência de aviação.

O ranking considera o registro de 57 milhões de voos em todo o ano passado no mundo para criar um índice de “performance pontual”. A OAG considera como pontual um voo que decolou ou pousou com uma diferença de tempo menor que 15 minutos em relação ao previsto.

Em 12º lugar no ranking geral, a Azul teve 84,14% dos voos pontuais segundo o critério da OAG. AirBaltic (90,01%), da Letônia, Hong Kong Airlines (88,83%) e Hawaiian Airlines (87,24%) foram as três mais pontuais do mundo.

Considerando apenas companhias low-cost, a Azul aparece em 5º lugar. Nessa categoria também está incluída a Gol, em 8º lugar, com um índice de 81,73% de voos pontuais. A espanhola Vueling lidera esse grupo, com um índice de 85,25%.

A Avianca é a brasileira que vem em seguida, com um índice de pontualidade de 81,44%. A empresa, porém, é listada na categoria de companhias mainline (grandes), na 16ª posição. Essa categoria é liderada pela AirBaltic.

A Latam, parte do Latam Group, é considerada pela OAG uma megacompanhia. Nesse ranking, figura em 8º lugar, com um índice de 79,39%. A Japan Airlines foi considerada a megaempresa mais pontual, com 85,27%.

X

A OAG também separa as companhias de acordo com sua região de origem. No ranking de pontualidade da América Latina, a panamenha Copa Airlines é a líder, com 86,39% dos voos pontuais. A Azul é a 2ª colocada, seguida pela low-cost mexicana Volaris (82,13%). Completam a lista, do 4º ao 10º lugar: Sky (Chile), Gol, Avianca Brasil, Latam, Aerolíneas Argentinas, Aeromexico e a Caribbean Airlines (Trinidad e Tobago).

A AirBaltic é a mais pontual na Europa, enquanto na América do Norte a Hawaiian lidera. Entre as companhias do Oriente Médio/África, a Qatar é a mais pontual, com um índice de 82,95%. No grupo Ásia/Pacífico, impera a Hong Kong Airlines, vice no ranking geral

Aeronave da AirBaltic; companhia da Letônia foi a mais pontual do mundo em 2017 (Foto: Divulgação)
Aeronave da AirBaltic; companhia da Letônia foi a mais pontual do mundo em 2017 (Foto: Divulgação)

AEROPORTOS

Para analisar a pontualidade dos aeroportos, a OAG os divide em quatro categorias, de acordo com o número de assentos disponibilizados nas partidas programadas em 2017: pequenos (2,5 a 5 milhões), médios (5 a 10 milhões), grandes (10 a 20 milhões), muito grandes (20 a 30 milhões) e mega (mais de 30 milhões).

Dez aeroportos brasileiros aparecem nos rankings. O mais pontual é Confins, em Belo Horizonte, com um índice de 84,96%, em 4º lugar na categoria de aeroportos médios. Nesse grupo são listados também: Rio-Santos Dumont (6º lugar, 84,33%) e Viracopos, em Campinas (12º lugar, 83,14%). O aeroporto de Birmingham, no Reino Unido, é o líder dessa categoria.

No grupo de aeroportos pequenos, aparecem Curitiba (14º lugar, 84,65%), Recife (17º lugar, 83,61%) e Porto Alegre (20º lugar, 83,45%). Tenerife, nas Ilhas Canárias, lidera esse grupo.

Entre os aeroportos grandes, Brasília ficou em 4º lugar (84,58%), Rio-Galeão na 6ª posição (84,25%) e São Paulo-Congonhas na 8ª, com um índice de 82,32% de voos pontuais. O 1º colocado dessa categoria é Osaka, no Japão, com 88,45%.

Guarulhos, considerado um aeroporto muito grande, ficou em 11º lugar nessa categoria, com 79,7%. Minneapolis-St.Paul, nos EUA, foi o mais pontual entre os muito grandes (85,72%).

Um terminal japonês também lidera a categoria de mega-aeroportos. Tóquio-Haneda foi o mais pontual, com 86,75% de voos pontuais, seguido por Madri (83,63%) e Atlanta (82,38%).

PONTES AÉREAS

A OAG também compila dados sobre as 20 pontes aéreas —domésticas e internacionais— mais movimentadas do mundo. Em 2017, Congonhas – Santos Dumont foi a 5ª doméstica mais movimentada, com 39.325 voos —média de 107 por dia. Nessa rota, a companhia mais pontual foi a Gol, com índice de 80,7% de voos pontuais, seguida pela Avianca (79,4%).

A ponte aérea doméstica mais movimentada do mundo foi Jeju – Seul Gimpo, na Coreia do Sul, com 64.991 voos. Em seguida aparecem a ponte australiana Melbourne – Sydney (54.419 voos), a indiana Mumbai-Nova Déli (47.462 voos) e a japonesa Fukuoka – Tóquio-Haneda (42.835 voos).

Entre as rotas internacionais, as três mais movimentadas ficam na Ásia. Hong Kong – Taipei (Taiwan), com 29.494 voos em 2017, lidera o ranking. Em 2º lugar aparece Kuala Lumpur (Malásia) – Cingapura, com 29.383 voos. Na 3ª posição, Jacarta – Cingapura, com 26.872 voos.