Boeing 777 da United perde capota do motor em voo e assusta passageiros

Os passageiros de um voo da United Airlines entre San Francisco e Honolulu nesta terça-feira (13) tiveram uma surpresa desagradável ao olhar pela janela pouco antes do pouso no Havaí.

A capota do motor direito do Boeing 777-222 se desmontou enquanto o avião sobrevoava o Pacífico. Um passageiro registrou o motor sem capota e escreveu em uma rede social: “Não vejo nada sobre isso no manual”, segurando o cartão com instruções de segurança.

Outra passageira também postou fotos do motor em uma rede social e afirmou ter sido “o voo mais assustador da minha vida”.

Apesar do susto, o Boeing 777 pousou em segurança em Honolulu dois minutos antes do previsto, às 12h38 desta terça-feira (hora local), e ninguém ficou ferido.

“O voo United 1175 viajando para Honolulu de San Francisco pousou em segurança depois que os pilotos pediram um pouso de emergência devido à perda de uma capota do motor”, afirmou a companhia americana em nota.

A mesma aeronave —matrícula N773UA— faria o voo de retorno a San Francisco às 13h59 (hora local), porém só partiu de Honolulu às 18h25, segundo o site FlightRadar. O voo que esse avião faria entre San Francisco e Honolulu nesta quarta-feira (14) foi cancelado.

Boeing 777 da United que perdeu a capota do motor direito
Boeing 777 da United que perdeu a capota do motor direito (Foto: Wikimedia Commons)

O 777 em questão foi o quarto a ser produzido pela Boeing e foi entregue à United em 1996. Ele foi um dos aviões usados pela fabricante durante os testes de certificação do modelo, em 1995.

A United foi também a companhia aérea que estreou o Boeing 777, em 7 de junho de 1995. Com capacidade que varia de 317 a 396 passageiros, o modelo é um dos mais usados em rotas de longa distância.